MEGA PROMOÇÃO RELÂMPAGO: Mala Travelux a partir de R$ 149,90 (Padrão Anac) e Conjunto de Malas a partir de R$ 299,80. Utilize o cupom promocional SUPERPORTAL e ganhe ainda mais desconto em todo site. Disponibilizamos Entrega Express SP Capital, consulte-nos através do WhatsApp 11 94790-7535.
carrinho 0item(s)

Relatos e dicas sobre Seguro Viagem

A importância de proteger suas férias com o Seguro Viagem

Que "o seguro morreu de velho" todos nós já sabemos... O que nos falta na maioria das vezes é a compreensão de quanto os ditados populares e os conselhos de nossas mães são importantes e podem nos proteger de enrascadas - assim - não se esqueça do seguro viagem quando estiver preparando as malas.

Quando comecei a viajar ao exterior, agentes de viagem e a gerente da minha conta bancária viviam perguntando: Você quer fazer o seguro viagem? Ele é importante caso você sofra algum mal, os custos com saúde fora do Brasil são caros... O investimento compensa...

Quanto mais jovens somos, mais distante de nossa realidade parece um mal estar no exterior, uma dor de dentes inesperada e até mesmo as nossas bagagens são invioláveis em nossos pensamentos, até que se aprende a lição.

Há um outro ditado que nos conta que existem baratos que saem caro, isso aconteceu comigo em uma viagem de feriado prolongado na Colômbia. Por mais que a gente leia, não se sabe se realmente estamos preparados para os golpes contra turistas, às vezes não nos damos bem nem com a composição mineral da água local...

Dos percalços que nos ensinam:

Em Cartagena das Índias fomos ao passeio de um dia na Playa Blanca, na Isla Rosário (se interessa sobre o destino? Confira nosso post). Acontece que os pescadores e vendedores ambulantes são insistentes e a informação que eu tinha era, recuse-se a tudo!

Bem... não foi o que fiz, é claro. Desci da lancha maravilhada com a água cristalina e quente da região, fui abordada por um pescador que me enfiou goela abaixo três ostras cruas, que deveriam estar frescas, ele quis me cobrar 40 dólares por aquilo, obviamente que não paguei em dólares, e por ironia do destino, uma das ostras estava levemente estragada! O resultado você pode imaginar... Fui forte o suficiente pra aguentar os quatro dias de viagem mesmo enjoada, já que a viagem foi incrível, a água e a comida eram excelentes...

Na manhã do retorno, já com a barriga de uma grávida de nove meses, fiz uma maquiagem para não ser impedida de entrar no voo, pois estava com a feição abatida e desidratada, porém precisaria trabalhar no dia seguinte e eu não havia feito o tal seguro viagem (desnecessário aos meus olhos). O voo de Cartagena à Bogotá pode ser descrito como um daqueles momentos de horror quando não se sabe se sua vida será poupada... há 24 horas já não parava nada em meu estômago e o banheiro do avião foi meu porto seguro!

Gente, andei de cadeira de rodas pelo Aeroporto Internacional de Bogotá, os médicos me diagnosticaram com gastroenterite e queriam me internar pela forte desidratação... naquele momento eu pensei: Socorrooo, nunca mais viajo sem seguro, imaginando o valor que eu teria que suportar no caso de passar dias no hospital para me recuperar, perdendo trabalho e tendo que remarcar a passagem de retorno.

Por sorte e resistência, fui medicada pela equipe da Avianca e voltei ao Brasil onde fui direto pro hospital, atendida, por ironia do destino, por uma linda médica colombiana!

Esse episódio marcou minha vida e nas próximas viagens eu contratei seguro (de vida e de bagagens)... Como só Murphy explicaria, nada de mais grave me aconteceu.

 

Como nunca se sabe o que vai acontecer até que apareça um buraco na calçada, você perca um dente num tropeço ou necessite de ajuda, contrate um seguro viagem.

 

A felicidade de contratar o seguro viagem quando se precisa de um:

A experiência sobre viagens aumentou e ao descobrir que meu cartão de crédito, quando utilizado para comprar as passagens de todos os trechos da viagem, me daria direito ao seguro viagem, pulei de alegria... (fica a dica para todos os viajantes que possuem cartões internacionais, gold ou platinum... as vantagens são imensas e você imprime sua apólice antes mesmo da viagem - informe-se com a central de atendimento do seu banco/bandeira). Utilizar o cartão de crédito também é benéfico às milhas e viagens quase gratuitas. Se você perdeu o post sobre o assunto confira aqui!

Seguindo o passeio, noutra oportunidade, utilizando-me do seguro oferecido pelo cartão de crédito, fui me aventurar na Europa, onde, diga-se de passagem, é obrigatório para o viajante obter o seguro viagem com cobertura mínima de trinta mil euros.

Isto vale para todos os signatários do Tratado de Schengen: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Irlanda, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Suécia e Suíça.

Neste caso, o problema foi o extravio de minhas duas malas no trajeto final das férias... Sinceramente, não posso dizer que passar mal é pior do que ficar sem todos os objetos comprados na viagem, lembranças, presentes, itens de higiene pessoal e roupas limpas em pleno verão europeu que atingiu 42º C.

Agora, já de posse da apólice de seguro, posso contar-lhe que os agentes da seguradora foram absolutamente importantes na busca da bagagem extraviada entre Roma-Milão-Paris, as malas passaram por Barcelona no mesmo dia que eu e chegaram à São Paulo antes de mim (com aquele detalhe de leve que mata de raiva qualquer amante de viagens e bibelôs, a maioria dos itens chegaram em casa quebrados e/ou manchados/inutilizados). A saga para obter indenização da companhia aérea a gente confere noutro capítulo.

Você precisa tomar ciência de que há seguros que cobrirão valores por extravio de bagagens caso elas não sejam localizadas em prazo de quarenta e cinco dias, outros restituirão as despesas comprovadas por notas fiscais de itens de primeira necessidade mas não arcarão com os prejuízos de seus bens quebrados.

Viaje tranquilo:

Este é o ponto importante para nós viajantes estarmos tranquilos... é primordial a leitura da cobertura de despesas médicas, hospitalares, traslado e repatriamento de corpo e de bagagens extraviadas ou danificadas. Por mais que o assunto possa causar arrepios, tudo isso deve estar protegido para as férias ou o feriado perfeito, mesmo que, por grande sorte, você não precise utilizar nenhum dos serviços.

Quer um seguro mais completo para viajar tranquilo?! Indico que visite e pesquise AQUI!

Aproveitando o ensejo, é bom saber que há o seguro viagem e a assistência viagem, que são diferentes mas podem ser incluídos em uma mesma apólice.

O diferencial mais relevante é que o seguro restituirá o valor pago anteriormente pelo segurado, que poderá escolher ser atendido em qualquer estabelecimento médico hospitalar, desde que dentro dos valores estipulados na cobertura.

Já com a assistência viagem, deve-se contatar a seguradora antes do atendimento, que será suportado integralmente por ela, também dentro do limite do quantum estabelecido no contrato, sendo obrigatória a consulta/atendimento na instalação indicada pela corretora de seguros.

Agora que já entendemos um pouco mais sobre seguro viagem, não deixemos de contratá-lo em viagens nacionais e internacionais (verificando sempre a disponibilidade do serviço pelo cartão de crédito).

Por fim, segue a dica de uma amiga que tem alergias, estômago fraco para diversidades mas adora experimentá-las, e já teve a sorte de pegar conjuntivite no exterior: prepare uma necessaire health com "a farmacinha da vovó" com medicamentos essenciais, aqueles de uso contínuo, os controlados (cujos quais você deve levar a receita médica só para prevenir se for parado pela imigração), além dos remédios para dor de cabeça, febre, dores musculares, enjoos, ressaca, alergias e desarranjos intestinais ou algo mais grave. Também é legal levar curativos, álcool em gel (sempre despachado na mala de porão), fitas adesivas para machucados nos pés e colírios, como lágrimas artificiais (eles salvam vidas!).

Ficamos por aqui, esperando que todos nós possamos prevenir ao invés de remediar, chorando todo aquele leite derramado!

Ótima viagem e cuidem-se!

Até a próxima ;)

 

 

 

Jessica Lins, 31 anos, Advogada Licenciada, Servidora Pública do Estado de Goiás, Viajante QUASE Profissional, uma Cidadã do Mundo ;)

← Artigo Anterior Próximo Artigo →

Uma ideia sobre “Relatos e dicas sobre Seguro Viagem”

Deixe uma resposta
*/