Promoção: Mala de Bordo (Padrão Anac) a partir de R$ 229,90 e Conjunto de Malas a partir de R$ 549,90. Utilize o cupom SUPERPORTAL e ganhe ainda mais desconto em todo site.
carrinho 0item(s)

Viajando com seu animal de estimação

Como viajar de avião com seu pet:

Ajudados pelos aplicativos que nos revelam promoções e mega descontos de passagens aéreas todos os dias, estamos cada vez mais inspirados a ir logo ali ou a atravessar o mundo, como imaginou Julio Verne, em 1873, na obra "Volta ao Mundo em 80 dias".

As boas novas da aviação nos trazem, certamente, mais conforto e velocidade no transporte que não o ferroviário e o naval do fantástico livro de outrora.

As facilidades na compra de passagens aéreas para destinos diversos traduz um dilema para as famílias modernas, com seus "cãopanheiros" ou gatos amigos, temos hoje uma infinidade de filhos caninos e felinos e a dúvida, numa viagem de férias em família é: como deixar nossos "serumaninhos" para trás?

Antes de planejar sua viagem, você deve ter em mente as possibilidades que melhor se adequem a seu estilo de férias, divertimento, família e condição financeira. O que será melhor: deixar seu pet num hotel para animais de estimação, deixá-lo com familiares, amigos ou contratar uma pessoa para cuidar dele? Talvez, a sua melhor opção seja levar seu animalzinho consigo no voo.

Cada vez mais comum é a prática de ser acompanhado por cães e gatos nas viagens, prática esta regulamentada pela ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil, com regime de contratação e despacho próprios, que variam de uma operadora para outra.

É exatamente por isso que se a viagem envolver seu filho canino/felino, você deverá levar em conta o custo adicional, o limite de carga viva por voo e o limite de animais na cabine. Antecedência é a palavra chave!

Cães e gatos a partir de quatro meses de vida, com peso total de dez quilos juntamente com a caixa de transporte (kennel), podem viajar na cabine, sendo acomodado um animal por fileira.

A caixa de transporte deve ser oferecida pelo passageiro/dono do bichinho, com dimensões e peso da caixa pré-definidos tanto para cabine quanto para os compartimentos de carga que, diga-se de passagem, são pressurizados e são mantidos com temperatura controlada.

Para cogitar viajar com o pet, consulte o médico veterinário, para que sejam atestadas suas boas condições, ele te indicará a melhor forma de transportar o animalzinho, principalmente se ele for um cão de focinho curto.

Documentação dos bichinhos

Em viagens nacionais, você deve apresentar a carteira de vacinação e um atestado de saúde do animal.

Para as viagens internacionais, o pet deve passar por uma consulta com um veterinário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Confira as possíveis exigências específicas do país de destino para evitar constrangimentos e sustos desnecessários.

Cães-guias são transportados lado a lado ao dono, com coleira, na primeira fileira, sendo necessária a informação prévia à companhia aérea e a apresentação dos documentos do animal e atestado médico do passageiro, a comprovar sua necessidade.

Quando da compra do bilhete aéreo, confira a disponibilidade de voar com seu bichinho na cabine ou em caixa de transporte. Seguem links para você conferir as regras da AZUL, GOL e LATAM para leitura detalhada.

Encontre aqui Acessórios para Pet e utilize cupom promocional PROM99

Aproveite seu voo viajando com seu animal de estimação!

Abraços...

 

 

Jessica Lins, 31 anos, Advogada Licenciada, Servidora Pública do Estado de Goiás, Viajante QUASE Profissional, uma Cidadã do Mundo ;)

← Artigo Anterior Próximo Artigo →

Deixe uma resposta