PROMOÇÃO: Mala Travelux a partir de R$ 179,90 (Padrão Anac) e Conjunto de Malas a partir de R$ 359,90. Utilize o cupom promocional CLIENTEDEZ e ganhe ainda mais desconto em todo site. Disponibilizamos Entrega Express SP Capital, consulte-nos através do WhatsApp 11 94790-7535.
carrinho 0item(s)

Buenos Aires - A capital portenha

Duas idas à Buenos Aires e um amor enorme pela terra Eva Perón me fazem dizer, com toda a propriedade de viajante quase profissional, que a capital da Argentina de nuestros hermanos é o lugar certo para ir com amigos, família e com o amor!

Bem próxima à nós, sempre há chances de encontrar promoções para Buenos Aires de diversas cidades do Brasil.

A Argentina como membro do MERCOSUL, vai exigir do turista brasileiro um documento de identidade em boa condição, de preferência datado dos últimos dez anos, mas, se você gosta de carimbar o passaporte, vale muito como primeiro ou um de vários carimbos das viagens internacionais que você irá planejar e realizar na vida.

Este foi meu primeiro destino internacional e, sendo assim, carrega todo o simbolismo do início de uma jornada pelos continentes...

Esqueça qualquer problema que você acredita ter com relação aos argentinos no futebol e vá ser feliz na capital portenha, aproveitando tudo de mais especial que ela nos oferece!

Da primeira vez que estive em Buenos Aires - BsAs, me hospedei no Ibis localizado na Praça do Congresso, se você seguir o mesmo caminho ou estiver em algum hotel que não ofereça desayuno (café da manhã) gratuito, não caia na besteira de fazer o desjejum ali, vá para uma das muitas padarias ou cafés incríveis da cidade!

Já na segunda vez, nos hospedamos em Puerto Madero, no Unique Art Madero, com um café da manhã delicioso e já incluso na hospedagem.

Chegando à Buenos Aires por voos, tanto em Ezeiza quanto no Aeroparque, você encontrará casas de câmbio após a imigração, se ainda não tiver adquirido pesos argentinos, troque um pouco de reais ou dólares na Casa de Moneda e já esteja alerta aos folhetos que ajudam o turista a distinguir notas reais das falsas... isso pode ser de muita valia.

Há muitos restaurantes, farmácias e lojas que aceitam dólares e reais, é preciso ficar atento ao câmbio flutuante... mas caso você queira cambiar seu dinheiro, vá a uma das agências do Banco de la Nacion... onde sempre há melhores taxas.

Uma dica preciosa é adquirir bilhetes do bus turístico, no site você poderá ver todos os pontos de parada e programar descidas e subidas no ônibus de acordo com os horários fixos. Estão disponíveis áudios em português que nos ajudam a conhecer a história e fatos marcantes de cada local. Fazer esse passeio no primeiro dia de viagem pode trazer uma boa perspectiva de Buenos Aires e o que fazer nos dias vindouros.

É muito interessante e produtivo passear a pé pelas ruas do Centro, visitar as lojas da Avenida 9 de Julio até o Obelisco, passear pela Calle Florida, que é um grande centro de compras e é também a primeira parada do bus turístico.

Na praça do Congresso há um lindo jardim e obras de arte para apreciar e, caso esteja na hora de suas refeições, indico o Vittorio para sentir o clima e a cozinha dos nativos, a preço convidativo, aberto das 7 da manhã até 1 hora da madrugada. Endereço: C1089AAB, Av. Hipólito Yrigoyen 1488, C1089AAB. Telefone: +54 11 43822141.

 

 

 

 

Já que estamos falando em comida, dê uma conferida no Café Tortoni, sito à Av. de Mayo 825, 1084, com horário de funcionamento das 8 da manhã à 1 hora, todos os dias. Telefone +54  11 4342-4328.

 

 

 

 

Imagine uma visita guiada à Casa Rosada, sede do Poder Executivo argentino e Patrimônio Histórico Nacional... pois então, isto é possível e gratuito, para isso, é bom fazer uma reserva pelo site. Endereço: Balcarce 50 - Plaza de Mayo. Telefone: +54 11 43443600.

 

 

 

 

Prosseguindo a caminhada, passando pela Catedral Metropolitana, pelo Banco de La Nacion (há serviços de metrô pela cidade, ou seja, não é necessário gastar muito a sola dos sapatos)... chegamos ao Puerto Madero, com restaurantes e baladas fantásticos, museu naval, a Aduana, a Puente de la Mujer (uma homenagem lindíssima do espanhol Santiago Calatrava) e o Porto que leva ao passeio à Colonia do Sacramento, valendo um bate e volta de um ou dois dias!

 

 

 

 

No bairro de San Telmo, conhecido como um bairro boêmio, possui muitos antiquários, bares e as famosas esculturas e desenhos da turma da Mafalda (personagem argentina que mais adoro! Aos domingos, na praça principal, você poderá visitar a feira de antiguidades.

 

 

 

 

Livraria El Ateneo, linda, foi inaugurada em 1919, merece uma visita! Endereço: Av. Santa Fe 1860, 1123. Telefone: +54 11 4813-6052.

 

 

 

 

O bairro de Palermo está repleto de restaurantes e cafés para todos os gostos e bolsos, badalado e com diversas opções, fica difícil escolher um único restaurante ali. Dessa forma, segue a lista dos dez melhores segundo os viajantes que opinam no Tripadvisor.

Em Palermo é possível passar momentos agradabilíssimos no Jardim Japonês, construído no Parque Três de Fevereiro.

Ahhh, a Recoleta, bairro nobre com lojas de grife mundialmente famosas, ela abriga o Hard Rock localizado no Centro Recoleta em forma de um Castelinho, em frente à Universidade de Direito e da Floralis Genérica (é uma escultura metálica da Plaza de las Naciones Unidas - perfeito para um piquenique).

O bairro ainda conta com o Museu Nacional de Belas Artes e Museu de Arte Latino Americana - MALBA (Onde se pode visitar um pedaço do Brasil ao observar Abaporu - de Tarcila do Amaral).

 

 

 

 

 

 

 

 

No bairro La Boca, pode-se visitar a Bombonera... confesso que não me interessei na descida ao estádio de futebol. Pode-se também ir ao Caminito, rua famosa de restaurantes, apresentações de tango, lojinhas de artesanato.

Aos brasileiros um aviso: embora a comida seja razoável, o preço é salgado e as lojas de presente não tem os melhores preços para levar regalos à família e amigos...

Obs.: No Caminito senti o único preconceito com brasileiros no país, um artista de rua muito talentoso que cobrou mais caro por sua arte por sermos brasileiros! (Abra os olhos)

Señor Tango - sabe aquele clichê que você escuta muito e não dá muita moral?! Pois é... na minha primeira visita não fiz questão de conhecer nenhuma casa específica de tango... mas com muita alegria e mente aberta, fui convencida por minha agente de viagens e amiga, ela me garantiu que o show do Señor Tango vale tanto a pena quanto o do Moulin Rouge em Paris... Assim, passamos uma noite incrível com um espetáculo apaixonante e delicioso jantar neste local inesquecível. Conclusão: INDICO ABSOLUTAMENTE!

 

 

 

 

Dicas importantes e detalhes de compras e segurança:

Em Buenos Aires você deve pedir papas fritas (para batatas fritas e caso peça errado, vai comer batatas doces fritas). As melhores pedidas de carne bovina são o ojo de bife e o bife de chouriço, não confunda o bife com o chouriço puro, que é uma linguiça de sangue e miúdos cozidos... (vale a pena provar com pão).

Os alfajores da Havana são bem conhecidos, tente experimentar alternativas no supermercado, comprando os da marca Cachafaz, Milka e La Recoleta.

Meus preferidos!

Sempre tome cuidado com os pickpockets, pessoas que irão aproveitar do seu descuido para cometer furtos. Ande com seus pertences na frente do corpo e, por mais que pareça extrema a situação, nem responda aos moradores de rua principalmente do Centro. No máximo, acene negativamente com a cabeça.

Gostou das dicas?! Tem algo a acrescentar ou dúvidas sobre nosso destino de hoje? Estamos à disposição para um bate papo!

Boa viagem e até a próxima.

 

 

Jessica Lins, 31 anos, Advogada Licenciada, Servidora Pública do Estado de Goiás, Viajante QUASE Profissional, uma Cidadã do Mundo ;)

← Artigo Anterior Próximo Artigo →

Deixe uma resposta
*/