PROMOÇÃO: Mala Travelux a partir de R$ 179,90 (Padrão Anac) e Conjunto de Malas a partir de R$ 359,90. Utilize o cupom promocional CLIENTEDEZ e ganhe ainda mais desconto em todo site. Disponibilizamos Entrega Express SP Capital, consulte-nos através do WhatsApp 11 94790-7535.
carrinho 0item(s)

Roaming internacional X Chip local

Essa semana um amigo me contou que vai ativar o Roaming Internacional para a viagem de férias... Isso me fez lembrar sobre todos os percalços que passei pra aprender a me desapegar da tecnologia.

Caso você necessite utilizar seu celular ou notebook na viagem, sugiro uma reflexão sobre alguns pontos, caso queira poupar tempo e dinheiro.

Sempre haverá pontos positivos e negativos para quaisquer escolhas... seguem algumas vantagens e desvantagens de cada opção.

Roaming internacional x chip local

Utilizar o roaming internacional de sua operadora brasileira:

Dias ou horas da viagem, reserve um tempo para ligar na operadora e pedir a liberação do roaming internacional, caso contrário, seu telefone não funcionará no exterior (para as funções de chamada, envio de sms e uso de internet).

Para viagens curtas, onde já se tem noção do bom acesso ao wi-fi, desbloquear o roaming é interessante para momentos de urgência, como para chamar um Uber por exemplo...

É importante saber que o pacote de voz é diverso do pacote de dados no exterior, assim, toda cautela é pouca, para evitar cobranças desnecessárias na conta telefônica no retorno da viagem.

O valor a ser pago, diariamente, varia por regiões, Américas, Europa e outras localidades.

Confira aqui os links das operadoras brasileiras sobre as regras próprias:

CLARO - OI - TIM - VIVO

Por experiência própria, posso contar que nas poucas vezes em que necessitei do acesso pela minha companhia telefônica no exterior (apenas para uso de internet), os MBs se esvaíram tão rapidamente, que acabou por não ser útil, na plenitude da palavra.

É essencial para o viajante que não opte por utilizar o roaming internacional todos os dias, que anote as datas do uso do serviço, caso seja tarifado a maior, ligue no call center da operadora e reclame!

Bom saber também que, caso habilitado o serviço, nos dias não utilizados, você deve desligar os dados do telefone nas opções de ajustes e configurações.

Adquirir um chip local no exterior:

Principalmente para viagens longas, a partir de duas semanas, você pode pensar em comprar um chip (simcard) pré-pago no país de destino, habitualmente, eles custam em média 30 dólares/euros e os créditos são válidos por trinta dias nos pacotes para estrangeiros/viajantes.

Encontramos quiosques de operadoras de telefonia nos aeroportos assim que desembarcamos da área internacional... mesmo que haja uma fila de passageiros adquirindo tal serviço, é aconselhável comprá-lo logo (se você não é turista frequente daquele local) do que procurar uma loja no país ainda não desbravado.

A partir de junho deste ano, os turistas com destino à países diversos da Europa podem contar com o roaming gratuito, ou seja, você compra um chip da Vodafone (por exemplo) em Portugal e ele valerá nos demais países da união européia, sem custos extras. Pesquise as empresas de telefonia antes de viajar. (Grandes empresas européias: , Movistar, O2, Orange, TIM e Vodafone).

Nos Estados Unidos, as maiores empresas telefônicas são a AT&T e a T-Mobile, também não será difícil encontrar uma loja/quiosque para adquirir o simcard, basta apresentar documento pessoal (passaporte) e pagar pelo chip e créditos do plano pré-pago, com o qual dá pra fazer ligações para todo o país ilimitadamente, chamadas para telefones fixos do Brasil e acessar a internet banda larga.

Obs1.: Seu aparelho celular deve ser desbloqueado para outras operadoras de telefonia, caso contrário, não será possível a utilização de um chip do país de destino das férias.

Obs 2.: Se a opção é trocar de aparelho celular, pode-se optar por levar o telefone antigo e trazer um segundo dentro da cota dos quinhentos dólares pra compras no exterior, ou viajar sem o celular... pois sim, é possível sobreviver por longas horas sem o querido telefone... (leia livros, jogue nos aplicativos ou assista filmes na tv (disponíveis na aeronave).

Sobrevivendo sem o aparelho foi tema de um relato há algumas postagens, perdeu?! Veja aqui.

Comprar um chip internacional:

Uma alternativa ao simcard local estrangeiro é o chip internacional pré-pago da EasySim 4U, Keepgo, TravelSim ou GoSim, trata-se de serviço de ligações locais, internacionais e pacote de dados, que engloba mais de cem países. Ao contratá-lo, você receberá o chip em casa, não precisando procurar lojas das empresas de telefonia no exterior.

Este plano é mais custoso porém, pode valer a pena pra você!

Optar pelo wi-fi livre do mundo:

Escolhendo habilitar o plano de dados do seu telefone móvel ou a partir de um chip internacional, sempre é bom contar com a rede wi-fi, principalmente quando oferecida gratuitamente pelos hotéis, hostels, restaurantes, parques e até em praças públicas.

Se você quer economizar, procure acomodações que lhe ofereçam internet gratuita ou com o menor preço diário, utilizando aquelas ferramentas do nosso primeiro texto, você pode selecionar este item na busca da hospedagem.

Uma boa dica pra economizar a bateria do celular em viagens é colocá-lo no modo avião e somente deixar a busca do wi-fi para locais onde certamente você poderá se conectar, além de levar um power bank.

Seja como for, conecte-se com o mundo com tecnologia ou à moda antiga...

Ótima viagem!

 

 

Jessica Lins, 31 anos, Advogada Licenciada, Servidora Pública do Estado de Goiás, Viajante QUASE Profissional, uma Cidadã do Mundo ;)

 

← Artigo Anterior Próximo Artigo →

Uma ideia sobre “Roaming internacional X Chip local”

Deixe uma resposta
*/