PROMOÇÃO IMPERDÍVEL: Malas Travelux a partir de R$ 198,99 (padrão Anac) e Conjunto de Malas a partir de R$ 369,90 . Utilize o cupom promocional BLACKNOVEMBER e ganhe ainda mais desconto em todo o site. Aproveite!
carrinho 0item(s)

Sobre as praias de Maragogi e arredores

maragogi praia de antunes Prosseguindo a viagem de férias, na qual fizemos o trajeto de Recife à Maceió pelo litoral, após explorar Porto de Galinhas, fomos para Maragogi-Alagoas, mas antes, um pernoite em Tamandaré, para conhecer a praia de lá e a de Carneiros.

O percurso até Tamandaré foi de uma hora (59 km) e como na região de Ipojuca o combustível é mais caro, abastecemos o carro no primeiro posto na beira da estrada em Barra de Sirinhaém (a cidade em que fomos para conhecer a Ilha de Santo Aleixo).

Demos uma passada rápida na praia de Serrambi, maravilhosa e sem movimento de barracas e ambulantes.Nos hospedamos em um simpático Flat chamado Praia dos Carneiros, na Rua José Bezerra Sobrinho, 2015, há meio quarteirão da praia, bem na divisa entre Praia dos Carneiros e Tamandaré. Fizemos o check-in e estacionamos o carro por lá, partindo de imediato para a praia, sentando sob o guarda-Sol do Restaurante Divisa dos Carneiros.

Imediatamente, um vendedor ligado ao restaurante, nos ofereceu o passeio de lancha pela região, no valor de cinquenta reais (pagando em dinheiro), passeio que partiu às 11 horas da manhã e varia de acordo com a maré.

capela tamandare pernambucoNo passeio, conhecemos uma piscina natural com muitos corais, peixes e ouriços, uma praia formada por um banco de areia, onde há serviço de bar e redes para fotos (no valor de cinco reais). Seguindo, visitamos a Capela de São Benedito e fomos levados até um banho de lama, voltando ao manguezal, com traslado de volta ao restaurante incluso.

Se tiver interesse sobre o que fazer em Tamandaré, visite o link de auxílio ao turista.

Tamandaré é uma cidade pacata e como já não estávamos em alta temporada (março após o carnaval), havia muitos restaurantes fechados pela noite, jantamos em um restaurante itinerante que chegou na cidade em dezembro e já estava encerrando as atividades.

Tomamos café da manhã na Padaria Pan Cristal e partimos para Maragogi, com uma pequena parada na última cidade litorânea do sul pernambucano, São José da Coroa Grande, onde a praia é linda e há uma Igreja Católica bem bonita.

A distância entre Tamandaré - PE e Maragogi - AL é de 46 km, levando menos de uma hora. Assim, caso você opte por conhecer a Praia de Carneiros em um bate e volta, é bem possível.

Em Maragogi, nos hospedamos por 4 noites na Pousada Verdes Mares, na Avenida Fernando Paes de Oliveira, 26, no Centro. Ótimo custo benefício, a única desvantagem foi o tamanho do banheiro, o que dificulta para os portadores de necessidades físicas especiais, em contra partida, tivemos o melhor café da manhã de toda a viagem!

praia de antunes maragogiNo primeiro dia em Maragogi, visitamos "A" Praia! Pra mim, com toda a certeza, a melhor que já visitei no Brasil. Há 7 km do centro da cidade, a Praia de Antunes oferece estacionamento gratuito, possui inúmeras barracas que cobram pelo guarda-Sol e cadeiras mas te isentam do valor de trinta reais caso você consuma um dos petiscos (o preço é mais barato, em média, do que em Porto de Galinhas).

Caso as barraquinhas não sejam sua opção de refeição, na rodovia, cerca de cem metros da entrada para Antunes, há uma Churrascaria com comida a quilo, não cheguei a conferir, mas fica a dica.

Nesta praia, há a formação de um grande banco de areia durante a maré baixa, no qual podemos adentrar cerca de dois quilômetros mar a dentro com água morna na altura dos joelhos.

Aqui encontram-se montadas redes para fotos incríveis beira mar, em todas elas é cobrado o valor de cinco reais para que duas pessoas aproveitem-nas.

odoiá maragogiFim de tarde chegando, voltamos ao hotel, tomamos banho e fomos aproveitar a proximidade da pousada para caminhar beira mar e encontrar um bom restaurante. Não achamos apenas uma opção de refeição, mas a melhor possível! O Restaurante Odoiá, que também é uma estalagem.

Sem muita fome, optei por deliciosas bruschettas tradicionais, no pão ciabatta de tomate, alho, azeite e manjericão e um suco incrível de tangerina. Pra fechar o cardápio, uma taça de brigadeiro sensacional!

Odoiá foi tão maravilhoso que estivemos lá nos quatro dias de Maragogi! Seja para o almoço, lanche ou jantar (ótimos frutos do mar!).

No segundo dia, iríamos ao paradisíaco destino de São Miguel dos Milagres, mas a chuva para aquele lado nos fez mudar a programação! Fomos até a Praia de Barra Grande, estacionamos o carro em frente à Pousada Sol e Mar, onde é possível entrar e tirar fotos com araras, uma águia e outros animais. Na praia, a pousada tem um restaurante de apoio aos banhistas.

japaratinga mirante do tabor

japaratinga alagorasLogo após, almoçamos no Odoiá e, com o tempo melhor, fomos à Japaratinga, cerca de 11 km de Maragogi. A cidade possui belas praias como a do Bitingui, Boqueirão e Barreiras do Boqueirão, e uma pousada com um mirante magnífico - o Monte Tabor (foto acima), a Pousada Paraíso dos Coqueirais. Para quem não está hospedado ali e quer conhecer a vista, deve pagar cinco reais por pessoa, com direito a um coco geladinho! A visita ao mirante pode ser feita com carro próprio ou em um passeio de buggy contratado na praia do centro de Maragogi.

No jantar, estivemos no Taocas Receptivo, Restaurante e Pizzaria, também na orla do centro de Maragogi, comemos uma boa pizza por lá a um preço justo. Ali há um playground para os pequenos.

 

No terceiro dia de Maragogi, já nostálgicas pensando que logo não mais estaríamos ali, pegamos o carro e, finalmente, nos dirigimos para São Miguel dos Milagres. A distância é de 37 km, indo por Japaratinga e pegando uma balsa até Porto de Pedras, por veículo paga-se vinte e cinco reais. O trajeto é rápido mas eles contam apenas com uma balsa, que leva apenas seis carros por vez... assim, é possível ter que esperar em uma fila básica. Enquanto espera-se, dá pra tomar água de coco de uma das vendinhas.

caminho praia do patachoChegando em Porto de Pedras, segue-se para a esquerda, como dizem os goianos, a vida toda! Antes de São Miguel dos Milagres, fizemos uma parada na Praia do Patacho, ainda em Porto de Pedras, no caminho, há uma parada quase obrigatória entre árvores que formam um lindo caminho! Há coqueiros bem bonitos na praia para a tradicional foto turística. Normalmente os visitantes vão até lá de buggy mas fomos no carro que alugamos, meio difícil para parar no caminho estreito entre muitos buggys.

Fotos feitas, hora de ir para a praia em São Miguel dos Milagres... onde vários vendedores te abordarão para passeios até as incríveis piscinas naturais, ao Projeto do Peixe-Boi ou um passeio pela trilha ecológica.

Nós seguimos o Waze até a praia, lá existe um restaurante chamado Recanto da Mija-Della, que atende aos banhistas e ao lado, avistamos um grupo de jangadeiros, bem na hora da maré baixa.

O Everlan foi nosso jangadeiro, que ofereceu o passeio a trinta e cinco reais, mas o preço mais comum é a partir de quarenta reais por pessoa. Nosso passeio foi muito agradável e divertido e o valor inclui uma máscara para snorkeling. (O telefone do nosso novo amigo é 82-991330385).

Nosso almoço tardio foi no Restaurante Kiosque do Massau, na Rua Felisberto de Ataíde, 33, no Centro do Povoado do Toque. A comida é bem servida e o preço muito bom!

Retornando à Maragogi, fizemos uma parada na Loja de Fábrica da A Saborosa - uma das marcas das famosas bolachas de Maragogi, com opções doces, salgadas, à moda suíça, sequilhos, entre outros produtos, a partir de dois e cinquenta reais cada pacote! Muito baratas e deliciosas! O endereço é Travessa Maria Sebastiana de Ataíde, 113, São Bento - Maragogi.

Na cidade, dependendo da tábua das marés, é possível fazer um passeio de barco às Galés, fazer passeio de buggy pelas praias, durante a maré baixa e conhecer outras praias como Burgalhau, Peroba e São Bento.

antunes maragogiNo quarto dia de Maragogi, decidimos curtir novamente a Praia de Antunes... ela é realmente majestosa!

Ao contrário do que eu imaginava, a estrutura da cidade voltada ao turismo ainda é simples e pequena em relação à Porto de Galinhas, por exemplo. Mas mesmo assim, acredito que vale muito passar alguns dias em Maragogi! Se você não tiver tempo, meu conselho é passar o dia na Praia de Antunes e se der, dar uma passada para saciar a fome no Odoiá! Não tem erro...

Essa foi nossa experiência em Maragogi e arredores, todos os valores aqui descritos foram cobrados em março de 2019. Seguem aqui mais informações sobre o destino.

Próxima parada Maceió e retorno para Recife, temas dos nossos próximos papos!

Esperando que tenham gostado e se animado para visitar Maragogi ou para voltar ao paraíso, se já visitado, desejo à todos uma viagem esplendorosa!

Até a próxima!

 

patacho porto de pedrasJessica Lins, 32 anos, Advogada Licenciada, Servidora Pública do Estado de Goiás, viajante QUASE profissional, uma Cidadã do Mundo ;)

 

 

 

 

 

← Artigo Anterior Próximo Artigo →

Deixe uma resposta